Vampyr – Vale a pena jogar?

Já havia um tempo que eu estava acompanhando as notícias sobre o lançamento de Vampyr, todas elas me deixaram ansioso para compra-lo em sua estreia que me fez desembolsar uma boa grana já que vinha com uma LDC interessante com armas diferentes e etc. Quando comecei o jogo pude notar várias características bem interessantes como a jogabilidade, o cenário e  por me lembrar um pouco o jogo Bloodborn com a diferença em que a dificuldade do jogo depende de você e das ações que escolhe no desenrolar da história.

 

Historia
A história do jogo e bastante interessante pois se passa em Londres no século XX, onde a cidade sofria com uma epidemia de gripe espanhola que matou gente pra caramba naquele tempo e você vai notar que no  desenrolar do jogo  a doença tem ligação com o vampirismo. O protagonista do game é o Dr. Jonatan Reid que é um cirurgião especialista em transfusão de sangue que sempre se dedicou em salvar vidas, em uma noite ele acorda desorientado em um beco sem saber o que aconteceu e tomado por uma sede incontrolável  onde ele acidentalmente sem ter controle de si acaba matando sua irmã que estava procurando por ele.
Desde então ele começa a investigar o que aconteceu com ele e a procurar  resposta sobre sua nova condição, durante sua investigação ele conhece um homem responsável pelo hospital local que o oferece ajuda para ensina-lo sobre o vampirismo em troca de serviços no hospital. Enquanto salva vidas e procura por resposta você deve tomar cuidado com  suas ações pois pode chamar atenção da Guarda Priwen (uma espécie de caçadores de vampiros) que estarão a sua caça caso percebam que você é um vampiro.
Tudo isso irá prender a sua atenção uma vez que Reid é um “neófito” (vampiro recém-criado) procurando respostas sobre sua nova condição enquanto enfrenta criaturas monstruosas, os soldados da Priwen e ainda salva a vida dos cidadãos que ficaram doentes caso você não os cure podendo chegar a morrer.

A dificuldade.
Muitos jogos lhe permitem selecionar a dificuldade desejada para que possa ter um jogo divertido para aqueles que gostam de acompanhar a história ou mais desafiador para quem gosta de enfrentar inimigos mais fortes. No Vampyr também temos essa questão da dificuldade, mas de uma forma um pouco diferente e que ao meu ver ficou muito interessante onde se você escolher não matar os cidadãos da cidade poupando suas vidas você terá um jogo mais difícil com inimigos mais fortes que irão mata-lo facilmente exigindo muita habilidade na hora de jogar ou apenas bebendo o sangue do máximo de vítimas possível assim tornando o game mais fácil.
Quando joguei eu optei por um jogo mais desafiador então poupei o máximo de vidas que puder.

 

Jogabilidade
Posso dizer que quanto a jogabilidade inicialmente temos a questão dita acima sobre a dificuldade, ao abraçar (morder ou chupar o sangue) suas vítimas você ganha uma pontuação de sangue que serve como experiência para trocar por habilidades. As habilidades são interessantes já que permitem você desde ficar oculto nas sombras, aumentar a quantidade de sangue drenado e converter em vida até criar tentáculos que saem do chão e atacam seus inimigos.

No combate o jogo permite a você armas de fogo e armas brancas de uma e duas mãos que podem ser aprimoradas no decorrer do jogo. O que achei legal e que caso escolha armas de impacto como porretes você vai deixar o oponente desorientado o que permite morder ele e tirar um pouco de sua vida o que torna bastante efetivo quando estiver lutando contra oponentes mais difíceis. O combate em si não é muito intuitivo e falta no game um fast travel porque as vezes você está tão empolgado na história e tem que atravessar a cidade com inimigos de todos os níveis vindo para cima de você e fica cansativo e desgastante o tempo que demora para se deslocar por ter que parar e combater seus inimigos.

Conclusão
Vampyr é um dos melhores jogos de vampiro que vai encontrar na atualidade com um enredo marcante e muito promissor. Recomendo bastante para quem gosta desse estilo de jogo, personagens que irão prende-lo porem não fique surpreso caso fique desmotivado com as imensas telas de loading toda vez que morrer ou mudar de cenario fazendo muitos jogadores que buscam um jogo para passar o tempo, mas que fora isso é um jogo que que vai alegrar os jogadores que gostam da mitologia em torno dessas criaturas e procuram ir a fundo dentro da historia do game.

Siga @Nerdssauros