Mais detalhes sobre o Filme de Dragon Ball Super – Broly

Quem é fã de Dragon Ball, deve estar muito ansioso para a estréia do novo filme que vai aos cinemas muito em breve, se você assistiu ao último trailer, o segundo lançado recentemente no New York Comic Con, deve ter notado alguns detalhes diferentes no design de alguns personagens, sem contar com o traço do filme em geral, e não só isso, neste filme alguns personagens novos aparecem, e eu vou falar sobre eles neste post.

Atenção: este post pode conter Spoilers sobre o filme, então, se você curte deixar a ansiedade para a hora do filme sem saber nenhum detalhe sobre o enredo, aconselho que leia este post somente até o tópico que fala sobre o design dos personagens.

Design dos personagens

como você pode já ter notado, o traço dos personagens no filme em geral parece ter sofrido um downgrade, não que isso seja ruim, na verdade, ficou bom, ele está em um estilo mais retrô, lembrando à série de Dragon Ball Z nas primeiras sagas, antes de Majin Boo surgir, conforme enredo da série Z foi se desenrolando até a saga de Boo, o traço dos personagens foi naturalmente evoluindo até ser o que é nos tempos de hoje, mas para o filme de DB Super, os animadores decidiram usar um design mais retrô, tentando chamar a atenção dos fãs mais velhos do anime, eu, que vos escreve este artigo, pessoalmente gostei bastante desta decisão, e apesar de gostar bastante do traço atual, muito mais moderno e bem desenhado, confesso que fico decepcionado quando vejo que alguns personagens parecem ter “emagrecido” um pouco, que é o caso do Trunks do futuro e do gohan.

trunks versus gokua

Trunks do futuro lutando contra Gokua em sua última aparição na série Z, no filme Batalha nos dois mundos.

 

Trunks versus zamasu, Dragon Ball Super

 

enquanto alguns personagens eram mais musculosos na série Z, em Super os mesmos ficaram menos musculosos, não criticando a decisão de design atual, é que no passado a série Z esteve nas mãos de animadores com estilos diferentes, não parecia existir um padrão de design visual para o anime, em consequência disso, havia episódios em que o traço estava ótimo e bom, enquanto em outros o traço estava de ruim a péssimo, e estou falando da série Z, nem mencionei os erros grotescos nas primeiras temporadas da série Super, que foram motivos de reclamação dos fãs, e inclusive do próprio Akira Toriyama.

atualmente parece que esse problema de distinção de design entre animadores parece ter se resolvido, quando você assiste aos episódios de Dragon Ball Super, não se vê uma diferença de design tão grotesca assim entre um episódio e outro, a não ser quando se trata de um episódio especial com lutas e muitas coreografias, quando por exemplo no torneio do poder o goku lutava usando o instinto superior e se via aquelas belas animações com movimentações bem dinâmicas.

O diretor do filme é Tatsuya Nagamine (o mesmo diretor esteve envolvido nos filmes de One Piece Film Z, Digimon o filme e na produção de DB Kai) existe uma entrevista dele, onde ele fala sobre o filme, infelizmente não está em português, mas vou deixar o link para que vocês a leiam em inglês, é bem interessante.

Falando sobre o visual do filme, o traço dos personagens parece que foi desenhado com uma caneta, e não são aquelas linhas bem retas digitalizadas como é na série Super:

freeza aparece em sua forma base no filme de dragon ball super broly

 

no trailer do filme, podemos perceber que a armadura do peito de freeza, em sua forma base, ficou com uma cor rosada, como é a cor de sua pele, o que para mim faz sentido, já que freeza não está vestindo uma armadura, essa é sua aparência “nua”, a única coisa que me parece uma roupa nele é sua sunga, ou calção, seja lá o que for, o único que parece estar usando armadura de fato, é o pai do freeza, o Rei Cold, que além da armadura e calção usa também uma capa.

Rei cold e Freeza no planeta vegeta, oprimindo os sayajins

 

apenas um offtopic no post: bem que no filme poderia explicar porque o rei cold não se transformou como seu filho freeza, quando morreu pelas mãos do trunks do futuro.

o pai do vegeta também sofreu leves mudanças de design neste filme, acrescentando alguns acessórios, e parecendo um pouco mais jovem, do que suas aparições anteriores no anime, no antigo design, sua armadura era branca e tinha um símbolo no peito, que se um torcedor fanático olhasse de longe se lembraria do escudo do Corinthians, hehe.

o rei vegeta

 

outro que sofreu uma mudança de design neste filme foi Bardock, agora a principal dúvida é: se esse design é antes dele ir naquela missão com seus amigos sayajins e encontrá-los mortos mais tarde, assassinados pelas mãos do soldado dodoria, ou se eles realmente mudaram seu design neste filme? no próximo tópico vou explicar isso.

 

Roteiro do filme

chegamos até esta parte, se quiser continuar é por sua própria conta e risco, no momento em que escrevo este artigo o filme ainda não foi lançado, e a previsão de que o mesmo seja lançado no Brasil é somente em janeiro de 2019, assistam ao filme dublado, assim você estará apoiando o trabalho dos dubladores e contribuindo para o sucesso da bilheteria do filme no nosso país, já que filmes de anime não são comuns de serem lançados por aqui, com esse incentivo, a Toei pode se animar e trazer mais filmes de Dragon Ball futuramente para nós. quem sabe um dia seja lançado no mesmo dia em que é lançado no japão?

indo direto ao ponto, o filme vai contar a história do primeiro super sayajin deus, que lutou contra os próprios sayajins, e que originou a lenda do super sayajin deus, essa mesma lenda é o motivo pelo qual freeza tomou a decisão de exterminar a raça dos sayajins, por se preocupar que um guerreiro poderoso como o da lenda, possa surgir para se opor à seu reinado. O filme também vai mostrar como os sayajins acabaram subordinados pelo Rei Cold e freeza, não tenho certeza se Cooler, irmão do freeza, que apareceu nos filmes da série Z, também aparecerá, seria uma boa, mas as chances são bem poucas.

A lenda do super sayajin deus

A muito tempo atrás, quando o planeta vegeta ainda se chamava, planeta sadala, surgiu um guerreiro que se opôs ao reinado de maldade dos sayajins, seu nome era Yamoshi, um sayajin que podia se transformar em Super Sayajin muito antes de goku na série, e muito antes de Broly também, é claro, em uma luta contra outros guerreiros sayajins, sem mais ter onde tirar energias, yamoshi se reúne com seus cinco companheiros, que lhe dão a energia necessária para se transformar num super sayajin deus. No filme, Batalha dos deuses, shenglong explica a história do super sayajin deus, e durante sua explicação, a silhueta de yamoshi aparece.

Os pais de goku

uma das coisas que chamam a atenção no trailer de Dragon Ball Super é aparição de uma personagem feminina ao lado de bardock, que claramente é sua companheira, seu nome é Gine, e se você é um grande fã do anime, deve ter lido o mangá sobre o patrulheiro galático Jaco, existe a versão em anime deste mangá também, o mangá sobre Jaco apareceu bem antes da série Super surgir, que é como se fosse um policial das galáxias, em seu mangá é introduzido a irmã de bulma, pela primeira vez, e mais tarde, Jaco também é anexado à série super, a história de Jaco se anexa a outras mini histórias sobre Dragon Ball que foram lançados em outros mangás que não surgiram em nenhuma editora por aqui no Brasil, um deles é intitulado Dragon Ball Minus, nesse mangá explica a relação de Bardock com Gine, e também é onde ela é introduzida pela primeira vez, fechando um grande furo na história de uma vez por todas de quem seria a mãe de goku.

os pais de goku no filme

 

 

capitulo do mangá de dragon ball minus

 

a imagem acima provavelmente será mostrada no filme, com uma busca no google você encontrará facilmente esse mangá traduzido para ler, nele, mostra a relação de bardock com gine. A seguir, logo após essa cena de bardock e gine conversando sobre goku, ele aparece em uma incubadora, já com 3 anos de idade, e depois é colocado em uma das espaçonaves dos sayajins (aquela que parece uma bola) e usando a mesma armadura de bardock, pronto para dominar um planeta, como é a tradição dos sayajins, pegar uma criança, mandar para um planeta onde os habitantes tem um baixo nível, e muitos recursos naturais, ele cresce, destrói seus habitantes, e então eles voltam para buscar a criança e vender o planeta. um negócio da china. uma observação a se fazer, é que, nesse mangá em específico, e no filme também, bardock não envia goku para a terra para dominá-la, mas por sentir que freeza tramava alguma coisa contra os sayajins.

nesse mangá também aparece Raditz (Dragon Ball Z)  e vegeta ainda crianças. todas essas cenas do mangá, podem estar no filme também, haverá muito sobre o passado, e a ação mesmo vai acontecer no futuro.

olha os malvadinhos ai

 

como vocês sabem, Bardock apareceu apenas em filmes e um OVA, ele não era um personagem canônico, ou seja, um personagem oficial da história, mas isso pode mudar agora, a história do filme de bardock pode ser deixada para trás, e ao invés, eles podem (ou já é) tornar a história do mangá Dragon Ball Minus oficial do anime, com essa mudança, o goku passa a ter de fato um pai e uma mãe, outra mudança, se você observou bem o trailer, a parte em que Bardock voa até o espaço para impedir freeza de destruir o planeta não aparece, então chego a conclusão que, ele morreu no planeta vegeta, destruído por freeza, ou ele morreu antes, em uma batalha com os subordinados de freeza. só saberemos de fato quando lançar o filme. Qual a relação de Jaco com o filme? na história de Dragon Ball Minus, Jaco recebe a ordem de ir até o planeta terra, perseguir a cápsula onde esta goku, para exterminá-lo, e impedi-lo de dominar o planeta terra, que é o negócio dos sayajins.

 

como podem ter visto, os planos de jaco foram frustrados e ele nem chegou a encontrar goku, quando goku chegou na terra, perdeu a memória ao bater a cabeça e se tornou o que é hoje.

ufa! esse post foi longo, espero que tenham gostado, se quiserem saber mais, procurem pelos mangás de jaco o patrulheiro galático e dragon ball minus. até a próxima!

Siga @Nerdssauros