Era 16-Bits – Conheça os Consoles da 4ª Geração!

quarta geração foi conhecida como a era dos 16-bits está direcionada aos consoles lançados entre  1987 e 1996, onde se  destacavam o Super Nintendo,  Mega Drive e o Neo Geo . Neste período os consoles novamente receberam upgrades tanto em gráficos como nos controles, entre eles foram gráficos em 16 bits, Controles de jogo de 3 a 8 botões, Gráficos pré-renderizados em simples entre outros.

 

A Nintendo conseguiu manter seu sucesso anterior da terceira geração, conquistando a maior participação do mercado mundial na quarta geração também. A Sega também foi bem sucedida nesta geração e lançou  uma nova franquia de jogos chamada Sonic the Hedgehog , criado para competir com a série de jogos Mario da Nintendo, hoje podemos ver fãs de ambos os jogos eu mesmo passei horas jogando Sonic e Mario. Várias outras empresas começaram a lançar novos consoles nesta geração, mas nenhuma  obteve muito sucesso e várias outras  começaram a tomar conhecimento da amadurecida indústria de videogames fazendo planos para lançar seus próprios consoles no futuro.

Conheça os consoles desta geração.

TurboGrafx-16 

Com o grande sucesso feito no Japão ele foi trazido para os EUA onde teve uma grande aceitação, principalmente por ter sido o console que deu inicio a era 16 bits.  Apesar de ser considerado um console de 16 bits seu CPU principal era de 8 bits. Seus jogos eram armazenados em cartuchos chamados de Turbo chips. Ele também foi o primeiro console com leitor de CD -Rom onde você comprava um componente externo para poder colocar os cds. O último upgrade lançado para o PC Engine foi o Arcade Card, um cartão de memória que aumentava a memória RAM e permitia a leitura de jogos mais complexos. Esse cartão foi utilizado principalmente em conversões de jogos  como Art of Fighting e Fatal Fury Special.

Mega Drive

Nesse período a Sega construiu uma grande campanha de marketing em torno de seu novo mascote Sonic the Hedgehog , e colocando o Mega Drive como uma alternativa “melhor” para o console da Nintendo criando o  o termo “Processamento de explosão” para sugerir que o console eram muito mais potente,  ele dizia ser capaz de rodar jogos com movimento mais rápido que o SNES. Sua publicidade era muitas vezes contraditória, levando a comerciais como ” Mega Drive faz o que Nintendo não ” e  o famoso grito” SEGA!”.

Confira o comercial

Super NES ou Super Nintendo

O console de quarta geração da Nintendo, o Super Nintendo, foi lançado no Japão em 21 de novembro de 1990 e em agosto de 1991 na America do Norte. Mesmo com a  concorrência acirrada do console Mega Drive , o Super Nintendo acabou sendo um dos consoles mais vendidos desta geração, vendendo 49,10 milhões de unidades n o mundo todo, e ainda permanendo popular na geração de 32 bits, tudo isso graças ao aumento de capacidade de som e vídeo de sua máquina, bem como títulos exclusivos de franquia como Super Mario World , The Legend of Zelda: A Link to the Past e Super Metroid .

Neo Geo

Lançado pela SNK em 1990, o Neo Geo era uma versão  doméstica da maior plataforma de arcade da época . Comparado com a concorrência dos consoles, o Neo Geo possuía gráficos e som muito melhores, porém o preço de lançamento proibitivamente caro de US $ 649,99 e jogos frequentemente vendidos a varejo acima de US $ 250 tornaram o console acessível apenas a um nicho de mercado. Uma versão menos cara, vendida a varejo por US $ 399,99, não incluía cartão de memória, jogo de pacote ou controle extra.

Consoles portateis

Game Boy

O primeiro console de videogame portátil lançado na quarta geração foi o Game Boy , em abril de 1989. ele dominou as vendas daquele tempo, apesar de ter uma tela monocromática apagada e de baixo contraste, enquanto as três principais os concorrentes tinham cor. Três grandes franquias fizeram sua estréia no Game Boy: Tetris ,  Pokémon e Kirby . Com algumas mudanças de design (Game Boy Pocket, Game Boy Light) e hardware (Game Boy Color).

Atari Lynx

O Atari Lynx incluía gráficos coloridos acelerados por hardware, uma luz de fundo e a capacidade de unir dezesseis unidades em um dos primeiros exemplos de jogos em rede, quando seus concorrentes só podiam vincular 2 ou 4 consoles (ou nenhum) mas sua duração de bateria comparativamente curta (aproximadamente 4,5 horas em um conjunto de células alcalinas, contra 35 horas para o Game Boy), preço alto e biblioteca de jogos fraca fez dele um dos sistemas de jogos portáteis mais vendidos de todos os tempos, com menos de 500.000 unidades vendidas.

Game Gear

O terceiro grande marco da quarta geração foi o Game Gear . Ele apresentava recursos gráficos aproximadamente comparáveis ​​ao Master System (melhores cores, mas menor resolução), uma biblioteca de jogos pronta usando o adaptador “Master-Gear” para jogar cartuchos do console mais antigo, e a oportunidade de ser convertida em uma TV portátil usando um adaptador de sintonizador barato, mas também sofreu algumas das mesmas deficiências que o Lynx. Embora tenha vendido mais de vinte vezes mais unidades do que o Lynx, seu design volumoso – um pouco maior do que o Game Boy original; vida de bateria relativamente fraca – apenas um pouco melhor que o Lynx; e a chegada posterior no mercado.

 

E ai Gostou? Comentar ai !

Não se esqueça de compartilhar com os amigos!

 

Siga @Nerdssauros