Jogos Que Esqueceram De Ter um Final e Que Tentaram Corrigir Depois!

Para todo começo, há um fim. E isso e o minimo que esperamos quando compramos um game, não é?

Porem, nem sempre isso acontece e alguns jogos acabaram esquecendo de por um final a suas historias deixando eles em aberto, com múltiplos finais porem sem nenhum definitivo e etc… Com isso muitos deles tentaram corrigir o erro dando final a eles e alguns chegando a serem bons e outros não.

Vamos conhece-los?

Alan Wake

Alguns dizem que em Alan Wake o final é ambíguo, mas essas pessoas estão erradas. Os finais ambíguos são sobre deixar as coisas abertas à interpretação, sobre a semeadura de múltiplos contextos possíveis, explicações e repercussões para os eventos finais. Alan Wake está tão firmemente determinado a não ter sequer um final que seja realmente definitivo em sua declaração final.

No final da jornada inicial de Alan através da abstração, da confusão de ficção, da confusão existencial do escritor, um pouco de autopiedade, aprendemos muito pouco e ele parece ter conseguido ainda menos. Ele ainda está separado de sua esposa. Ele ainda está preso no pesadelo do reino inferior do Lago Caldeirão. A inexplicável escuridão ainda está atormentando sua existência, tanto aqui quanto no mundo real. E não temos a menor ideia do que está acontecendo ou de como vai dar certo. E então um novo DLC foi lançado, embora certamente não combine tudo com um final feliz e agradável, ele torna muitas coisas mais transparentes, introduzindo novos e mais profundos trabalhos para o mundo do jogo e para o jogo, consolidando a forma da ameaça de forma mais tangível e dando a Alan um caminho mais claro para casa. Na verdade, uma mente cínica quase poderia interpretá-lo como o terceiro ato ausente do jogo, retido para resgate alguns meses depois.

Asura’s Wrath

Quer uma boa chance de que as pessoas venham a ver sua sequela ou nova temporada? Faça sua primeira interação boa. Quer quase garantir isso? Deixe todo o seu elenco pendurado em um penhasco, diretamente acima das mandíbulas de um Cthulhu flamejante, enquanto uma corda bamba de gatinho atravessa o abismo para ajudá-los. Com uma perna quebrada. E uma esposa e dois filhos em casa. Então, não surpreendeu ninguém quando Asuras Wrath pareceu terminar com uma possível sequela.

Mas o que rolou foi que nada disso aconteceu. O que inicialmente parecia ser um set-up para Asuras acabou por ser um final deliberadamente interrompido, o verdadeiro final entregue mais tarde via – é claro –  por ema DLC paga ( quer saber o final ? pague por ele hahaha maior trolagem claro ). Juntamente com algumas adições para capítulos anteriores existentes do jogo. Por um lado, isso é um meio inovador de conferir engajamento de longo prazo e estratificação estrutural vibrante sobre sua narrativa. E, por outro lado, pode ser interpretado como um movimento manipulado e manipulador. Fica a sua escolha.

Mass Effect 3

 

Pois é pessoal esses foram os games que tentaram salvar seus jogos dando uma “explicação” ou um”final” a seus jogos. Você conhece mais jogos que também não tem um final? Comenta ai ! e não esqueçam de compartilhar com os amigos

 

Siga @Nerdssauros