O futuro do mercado dos games

Recentemente, a Apple e a Google anunciaram seus serviços de jogos o Apple Arcade, e o Google Stadia, mas diferente da trindade dos consoles (Sony, Microsoft e Nintendo) ambos os serviços apresentados não será necessário o uso de consoles, eles serão via streaming.

O Stadia funcionará via um aparelho da família Google, como o Chromecast, o Pixel ou o Google Chrome instalado, os jogos funcionarão através do sistema da empresa com a promessa de qualidade gráfica de 4k e 60fps, a no futuro 8k e 120fps

Trailer de anúncio do Stadia.

De semelhante modo o Arcade também funcionará exclusivamente via aparelhos da família Apple com sistema IOS, sejam Iphone, MacOS, ou a AppleTV.

Trailer de anúncio do Arcade.

Com o mesmo sistema de sincronização que o Stadia, aonde você pode mudar de plataforma e continuar do mesmo ponto que havia parado na plataforma anterior.

Stadia em Tvs, Computadores, tablets e celulares.
Arcade em AppleTvs, MacOS, Ipad e Iphones.

Com a chegada dessas duas concorrentes, especulasse que estamos passando para uma nova onda no mundo dos jogos: o Streaming! Historicamente falando o mundo dos games vive em constante renovação, desde o Pong e o Magnavox Odyssey até o mais recente Nintendo Switch que abre a Nona geração de consoles.

Os cinco principais consoles/serviços de jogos da Nona geração.

Desde o começo a evolução gráfica, de armazenamento, enredo, e produção de jogos, as gerações 8, 16 e 32 bits, o impacto dos jogos 3D, o sistema de mira, as mídias físicas, cartuchos, cds, cartões, blue-rays, sensores de movimento e giroscópio, todos foram de grande impacto para a industria dos games, porém com a chegada do VR (Virtual Reality, ou Realidade Virtual em português) a indústria não recebeu e não tem recebido muito bem. Também foram divulgados os números de venda do Playstation VR, desde 2016 foram vendidas aproximadamente 4 milhões de unidades, sendo que de unidades o Playstation 4 vendeu aproximadamente 90 milhões, ou seja apenas 4,5% dos consoles em todo o globo possuem um Playstation VR o que é uma porcentagem muito pequena.

Já faz algum tempo que algumas empresas no mercado de jogos, tem tomado condutas agressivas, devido a pressão de investidores, temos como exemplo algumas desenvolvedoras como a EA, e a Activision que próximo do final do ano fiscal, fizeram uma demissão em massa na soma (das duas empresas) de mil funcionários, aonde no caso da EA pretende diminuir o espaço no mercado Russo e japonês visto que escritório foram fechados lá.

Um desses comportamentos agressivos das empresas também é relacionada ao VR, que em seu lançamento apresentou bugs, e algumas falhas de sensibilidade em relação aos jogos, o que deixava clara a necessidade de um polimento, a tecnologia ainda precisava se desenvolver mais para ser lançada ao mercado, nessas ultimas semanas a Nintendo mostrou seu primeiro VR através do Labo, sem muitos riscos, foi revelado que tanto Legend of Zelda Breath of the Wild, quanto Super Mario Odyssey terão suporte com este kit, o que não é grande novidade, já que no kit 1 e 3 do Nintendo Labo, apresentava um suporte ao Mario Kart 8 Deluxe, com Volante e Guidão para moto.

Trailer de anúncio do Nintendo Labo: Kit 4 VR.

Aparentemente outro movimento que está se mostrando precipitado da indústrias dos jogos é o Streaming, nitidamente é o futuro dos jogos, você ter uma netflix exclusiva para seus jogos, e creio que logo mais todas as empresas, mas será que estamos preparados para isso? Afinal hoje, nos Estados Unidos existe um limite de dados para banda larga, por mais que a internet seja de uma qualidade altíssima, a limitação está ali! streamar um jogo seja em 1080p 60fps ou em 4k 60fps, consumiria os dados mensais em algumas horas…

E em solo brasileiro a situação também não é muito positiva para estes serviços de streaming, afinal o péssimo serviço prestado pelas provedoras de internet hoje é claramente um empecilho para o desenvolvimento dessas futuras plataformas, resta saber como vai se desenrolar essa nova geração. com os já serviços de Streaming confirmados, Xcloud (da Microsoft)/Stadia/Arcade, e será que a Nintendo e a Sony vão ingressar nessa? ou vão esperar as concorrentes abrirem o caminho para o futuro?

Siga @Nerdssauros