Série Pré – E3 2019: Microsoft

Este é o ano da Microsoft na E3, afinal suas duas maiores concorrentes Sony e Nintendo não competirão com ela, a Sony pois saiu da E3 para investir no seu próprio veículo de informação, e a Nintendo que tem vivido um relacionamento muito positivo com a empresa, mas não é apenas por isso que este é o ano da Microsoft, na E3 passada, a empresa divulgou a compra de diversos estúdios para se focar em jogos exclusivos que hoje são o carro chefe da concorrência como Spider-Man, God of War, Zelda e Mario, os estúdios são:

The Initiative: um estúdio novo, parte da equipe é da Santa Monica (Estúdio responsável por God of War) e da Crystal Dynamics (Estúdio responsável por Tomb Raider).

Undead Labs: já era um estúdio que desenvolvia para plataforma da Microsoft, é responsável pelo State of Decay, tendo um ex-Blizzard encabeçando o projeto, esse estúdio é focado para desenvolvimentos de jogos com a temática pós-apocalíptica de zumbis.

Playground Games: é um estúdio que já era parceiro da Microsoft, na franquia de corrida Forza Horizon, com foco em mundo aberto a empresa deve apresentar alguma IP (Intellectual Property ou Propriedade Intelectual) nesta E3.

Ninja Theory: a desenvolvedora de DmC: Devil May Cry, passa a ser um estúdio da Microsoft! a aposta aqui é um desenvolvimento de uma profunda narrativa similar ao de Hellblade.

Compulsion Games: uma empresa menor, com apenas dois títulos que é We Happy Few e Contrast.

Obsidian: estúdio conhecido por Fallout: New Vegas e South Park: The Stick of Truth, Pillars of Eternity.Empresa especializada em gêneros de RPG.

inXile Entertainment: responsável por Wasteland 2 e The Bard’s Tale. um estúdio que já tem em produção Wasteland 3 deve lançar ainda este ano, e deve ter algum trailer de divulgação dentro da conferência da Microsoft.

Com uma equipe de peso voltado ao desenvolvimento de First-party (Primeira linha ou os “exclusivos”) tirando os dois últimos estúdios, todos os outros foram anunciados na E3 passada, o que esperamos é exclusivos de qualidade, e novos projetos e possíveis novos estúdios para acrescentar, na galeria do Xbox. E a necessidade de mostrar mais coisas sobre projetos já anunciados como Gears 5, que teve seu anúncio e data divulgada para este ano!

Trailer de anúncio de Gears of War 5.

Parcerias: Também esperamos saber mais sobre essa parceria entre Nintendo e Microsoft, acredito que mais informações sobre esta amizade/namoro sejam passadas através de sua conferência, visto que a Nintendo utiliza do formato de transmissão ao vivo encontrar tempo para divulgar e passar informações é bem apertado, sabendo que a média da transmissão é de 20 a 45 minutos. Talvez algum anúncio de desenvolvimento em parceria com a Nintendo, alguma coisa! Cuphead foi apenas o começo dessa parceria!

Próxima geração: o Switch deu o primeiro passo dessa nova geração, e a Sony já comentou sobre próximo Playstation não mostrando nada, apenas dados sobre processamento, resolução e áudio, o que da uma larga vantagem para a Microsoft que tem os holofotes voltados a ela, aonde ela de fato pode apresentar um novo console tão robusto quanto o futuro playstation e que alavanque as vendas do futuro console, ou pelo menos ganhando uma vantagem de mercado.

Project Xcloud: da mesma maneira tanto Google quanto Apple, apresentaram seus serviços de streaming de jogos, e a Microsoft já tinha pelo menos nomeado a Xcloud que é o serviço de streaming da empresa, mas assuntos como mensalidade e disponibilidade, além de taixa de download e upload, fora a biblioteca de jogos, não foi muito o foco das apresentações do Stadia e do Arcade, o que novamente da o controle a Microsoft, divulgar essas informações no principal palco a E3.

Introduzindo Project Xcloud.

A Microsoft está com a faca e o queijo na mão, tudo acontecendo para que dê certo, e olha eu não sou caixista (fã de xbox) mas este ano estou empolgado para a conferência da empresa. A Conferência acontece no domingo 9 de junho ás 17hrs!

Siga @Nerdssauros