Assassinato no Expresso do Oriente (Kenneth Branagh, 2017)

Assassinato no Expresso do Oriente – A última adaptação do livro mais famoso de Agatha Christie

Sinopse

O detetive Hercule Poirot (Kenneth Branagh) embarca de última hora no trem Expresso do Oriente, graças à amizade que possui com Bouc (Tom Bateman), que coordena a viagem. Já a bordo, ele conhece os demais passageiros e resiste à insistente aproximação de Edward Ratchett (Johnny Depp), que deseja contratá-lo para ser seu segurança particular. Na noite seguinte, Ratchett é morto em seu vagão. Com a viagem momentaneamente interrompida devido a uma nevasca que fez com que o trem descarrilhasse, Bouc convence Poirot para que use suas habilidades dedutivas de forma a desvendar o crime cometido.

Poirot achou que sua viagem de Istambul até Londres seria sua pequena férias, mas não esperava que durante a viagem mais um mistério teria de ser resolvido.
O tom no início do filme é mais leve, nos apresentando direta e indiretamente os personagens com os quais iremos passar a próxima 1h49 min do filme. Conforme vamos avançando na narrativa, vamos notando a seriedade pelo tom do filme, que passa a apresentar uma perspectiva mais dramática sobre as figuras.

Os planos sequência são incríveis e a direção de Kenneth Branagh imprime para cada abordagem de Poirot uma posição diferente de câmera, o que deixa mais evidente que para cada pessoa uma aproximação diferente se faz necessário.
Os planos aéreos são de tirar o fôlego, mostrando bem a paisagem por onde o trem está nos levando… a natureza e a neve ao redor da viagem abrilhantam a fotografia de uma forma única.
Se tratando da parte investigativa, que é o centro da nossa história e razão pela qual Poirot é conhecido, a adaptação opta por mesclar cenas de interrogatório com cenas da investigação em si, deixando o andamento do filme mais dinâmico, já que é um filme que tem muitos diálogos.

Poirot, que é um homem perfeccionista e sempre em busca do equilíbrio, é mostrado num tom quase que lúdico neste filme, com suas deduções instantâneas, pensamento rápido e raciocino lógico impecável, mas em contrapartida também vemos um pouco de sua vulnerabilidade e acho isso de extrema importância para que possamos sentir uma proximidade com o personagem.

O filme nos convida a pescar cada pista desse assassinato, nos leva através de diálogos muito bem direcionados e atuações impecáveis.
Chegando à conclusão desse filme, temos uma enorme reflexão moral que foi brilhantemente apresentada por Agatha Christie e que a adaptação conseguiu transmitir muito bem. Apesar da história se passar na década de 30, o conflito apresentado é super atual colocando Poirot, grande detetive, diante de um dilema no qual entre o certo e o errado, há vários tons de cinza.

Ficha Técnica:
Data de lançamento: 30 de novembro de 2017 (1h 49min)
Direção: Kenneth Branagh
Elenco: Kenneth Branagh, Johnny Depp, Michelle Pfeiffer mais
Gêneros: Suspense, Policial
Nacionalidade: EUA




Siga @Nerdssauros