A Franquia Dance Dance Revolution e a popularização dos jogos musicais

A nostalgia de hoje fica por conta dessa franquia é que cria da Konami e fez parte da infância de muita gente. Dance Dance Revolution, ou popularmente conhecida como DDR (Dance Stage na Europa) foi muito popular nos anos 90 e início dos anos 2000, tendo sua estreia em arcades no Japão no ano de 1998. Até o ano de 2005 já haviam sido produzidas mais de 90 versões oficiais.

Como base o jogo inclui um tapete de Dança (tenho o meu até hoje e funcionando) com 4 setas em formato de cruz. Deve-se pressionar os pés nas setas conforme atingem um ponto na tela. Estas setas passam conforme o ritmo da música levando você a dançar dentro do ritmo. Se você se sair bem, terá uma pontuação alta no final. O critério é que você seja o mais preciso possível, quanto maior a precisão, maior a pontuação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Para a jogatina sem o tapete, os próprios botões do joystick faziam o papel das setas, sendo os direcionais (para cima, para baixo etc.) que deveriam ser apertados conforme aparecia na tela. Em ambos os casos, uma espécie de “barra de vida”, que fica na parte superior vai diminuindo à medida que você erra os passos ou o ritmo. Conforme a precisão do jogador em pressionar a seta em conformidade com o ritmo, o passo recebe avaliações graduais que vão de “marvelous” (precisão perfeita), passando por “perfect”, “great”, “good”, “ok”, “bad” ou “miss” (quando a seta não é pressionada). A nomenclatura das avaliações varia conforme a versão do jogo. Chegando ao final da barra, você perde o desafio de dança. Caso contrário, o jogador recebe uma nota por sua performance e pode continuar com outra música (geralmente há um limite de músicas, de três a cinco).

O tempo das músicas varia de 1:20 a 1:55. Cada música tem seu esquema de passos correspondentes, que podem ser mais fáceis ou difíceis. Existe uma espécie de classificação de “pés”, sendo que mais quanto mais “pés” mais difícil a música é, menos “pés” mais fácil e essa opção pode ser escolhida pelo jogador antes de iniciar cada música. Isso até a versão 5th Mix.

A partir da versão 6th Mix a dificuldade passou a ser expressa também através do “Groove Radar”, que indica os picos de dificuldade de cada elemento da música, em conjunto com a escala em “pés”. As canções vêm de diversas fontes, desde músicas japonesas licenciadas para o jogo ou músicas internacionais e covers. Aqui eu conheci uma quantidade imensa de músicas japonesas tanto na linha original como em inglês também. As músicas, por serem curtas, são muito fáceis de aprender.

A partir da versão 6th Mix a dificuldade passou a ser expressa também através do “Groove Radar”, que indica os picos de dificuldade de cada elemento da música, em conjunto com a escala em “pés”. As canções vêm de diversas fontes, desde músicas japonesas licenciadas para o jogo ou músicas internacionais e covers. Aqui eu conheci uma quantidade imensa de músicas japonesas tanto na linha original como em inglês também. As músicas, por serem curtas, são muito fáceis de aprender.

Se liga quantas versões e consoles esse jogo já teve:

  • PlayStation
    • Dance Dance Revolution (2001)
    • Dance Dance Revolution: Disney Mix (2001)
    • Dance Dance Revolution Konamix (2002)
  • Dreamcast
    • DDR 2ndMix Dreamcast Edition (todas as cancões do 1stMix e 2ndMix, pero sem “Strictly Business”)
    • DDR Club Version Dreamcast Edition (todas as cancões do Club Version 1 e 2, pero sem “Chotto kiitena”)
  • Game Boy Color
  • Nintendo 64 (Dance Dance Revolution Disney Dancing Museum)
  • PlayStation 2
    • DDRMAX: Dance Dance Revolution (2002)
    • DDRMAX2: Dance Dance Revolution (2003)
    • Dance Dance Revolution EXTREME (2004)
    • Dance Dance Revolution EXTREME 2 (2005)
    • Dance Dance Revolution SuperNOVA (2006)
    • Dance Dance Revolution SuperNOVA 2 (2007)
    • Dance Dance Revolution Disney Channel Edition (2008)
    • Dance Dance Revolution X
    • Dance Dance Revolution X2 (2009)
  • Xbox
    • Dance Dance Revolution ULTRAMIX (2003)
    • Dance Dance Revolution ULTRAMIX 2 (2004)
    • Dance Dance Revolution ULTRAMIX 3 (2005)
    • Dance Dance Revolution ULTRAMIX 4 (2006)
  • GameCube (Dance Dance Revolution: Mario Mix)
  • Wii
    • Dance Dance Revolution: Hottest Party (2007)
  • PlayStation 3
    • Dance Dance Revolution (2010)
  • Xbox 360
    • Dance Dance Revolution Universe (2007)
    • Dance Dance Revolution (2010)

Também há uma versão de Dance Dance Revolution com os personagens da série Mario Bros e uma versão PC que não é a original DDR, mas você pode utilizar todos os arquivos de músicas dos jogos anteriores, chamado Step Mania.

O advento desses jogos de dança levou ao surgimento de uma grande comunidade de fãs e jogadores. A possibilidade de se jogar em dupla levou ao surgimento de grupos e times que organizam eventos e competições. A visita ao arcade passou a ser, cada vez mais, um encontro social ao invés de uma diversão solitária. Jogadores experientes chegam a ter fãs e seguidores impressionados com sua habilidade.

Atualmente, o jogo tem perdido interesse no Ocidente, assim como outros jogos similares, diante de uma nova onda de jogos de dança com sensores de movimento promovida por jogos como Just Dance e Dance entre outros. Entretanto, no Japão a Konami continua produzindo novas versões arcade em menor escala, sem lançamentos internacionais e o movimento por lá continua bem forte.

E ai, vocês já conheciam? Dançaram muito nos tapetinhos das locadoras de video game?

Siga @Nerdssauros